terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mártires de Uruaçu e Cunhaú


Dia 03 de Outubro é comemorado o dia dos martires de Uruaçú e Cunhaú. Em 16 de Junho de 1645, o pe. André de Soveral e outros 70 fiéis foram cruelmente mortos por mais de 200 soldados holandeses e índios potiguares , na capela de Nossa Senhora das Cadeias, no Engenho Cunhaú - no município de Canguaretama, localizado na zona agreste do Rio Grande do Norte.Três meses depois, aconteceu outro martírio, onde 80 pessoas foram mortas na comunidade Uruaçu
A igreja católica esta em um processo de beatificação, após dez anos de pesquisas, no qual reconhece o martírio de 30 brasileiros, sendo 2 sacerdotes e 28 leigos. Acusam os indígenas e os Calvinistas pelo o massacre ocorrido mencionando a fé cristã, mas não relata a grande chacina feita pelos Europeus aos nossos índios, principalmente aos "Tapuia", no século XVII período colonial.N
ão concordo com este feriado que dita a lei estadual 8.913, de 6 de Dezembro de 2006 e fico até sem entender como o nosso Estado colabora com a igreja católica nos seus intentos de criar santos, torna-los mártires com divulgação de milagres sem sentir também a perca de milhares de indígenas .Sendo a história narrada por muitos de qualquer maneira,sem discernimento histórico, totalmente desinformada. A situação em que os indios viviam no território brasileiro era a sequinte: índios viviam em liberdade,enquanto que os portugueses queriam apenas escravizá-los.Poti lembra a Camarão as matanças ocorridas na baía da Traição e em Sirinhaém, havia poucas semanas, quando os portugueses, após a rendição da frota holandesa, mataram perversamente 23 índios prisioneiros de guerra, quebrando as condições previamente acordadas. Lembro aos meus queridos leitores sobre a matança ocorrida na Guerra dos Bárbaros, na tentativa de expulsar os índios e de se apropriar das suas terras para desenvolver a pecuária, ampliando as fronteiras econômicas em direção aos Sertões da capitania do Rio Grande. Tendo como saldo grande extermínio de índios no nordeste muitos exprimidos em um pequeno limite de terra, pressionados e sem saída.Ao finalizar minhas palavras quero deixar aos meus queridos leitores um momento de reflexão: É bom conhecer mais da nossa história principalmente a do nosso estado Rio Grande do Norte.





5 comentários:

  1. Bela reflexão. Os índios, por não terem voz na escrita de nossa história, ficam apenas como vilões.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa história, fiquei perplexa com tanta crueldade com pessoas que só faziam o que todos nós deveríamos fazer, que é acreditar , adorar e louvar sempre e sempre a Deus não só nos momentos de dificuldades mas sempre, devemos louvar e agradecer a Deus todos os dias por estarmos vivos, pois foi graças a ele que existimos.Deus deve estar sempre em primeiro lugar em nossas vidas eu amoooooo o senhor hoje e sempre. Parabéns pelo o blogger adorei.

    ResponderExcluir
  3. Vendo essa história de uma outra forma acho que os índios foram manipulados pelos holandeses, mas sobre a crueldade que foi feita, minha opinião continua a mesma, sou contra qualquer tipo de violência seja ela contra, religiosos, ateus,índios,negros,brancos independente de religião, raça ou cor, eu repudio a violência seja contra qualquer pessoa.

    ResponderExcluir
  4. Que Deus abençoe vc e toda sua família, hoje e sempre.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada minha querida, Deus abençõe a vc tb e sua familia.

    ResponderExcluir

faça um comentario construtivo que venha a edificar