quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Alunos do jose da penha interagem na sala especial





O que realmente se pretende, o conceito de «inclusão» que, para além de integração física pressupõe participação através de uma verdadeira igualdade de oportunidades, de forma a que todos os alunos aprendam juntos, sempre que possível, independentemente das suas dificuldades ou diferenças, transforma a diversidade num «factor de enriquecimento e um motor de desenvolvimento» (Costa, 1997:9 É importante que haja interação entre os alunos do fundamental com os alunos especiais . Essa experiência mostra que a integração é possível, e sempre nas horas de intervalos permito os alunos do José da Penha entrar na sala especial, fazer amizades, brincar e participar também das atividades para que ambas as partes se realizem efetivamente, iniciando assim a conscientização espírito de igualdade .





















Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça um comentario construtivo que venha a edificar