sábado, 14 de agosto de 2010

Admitimos o que somos

Quando examinamos a nós mesmos começamos a entender e a descobrir quem somos. A confissão alivia os sentimentos que estão preso dentro da alma e o ato de revelá-los reduz a ansiedade e a solidão. É normal sentir medo ao revelar erros e mágoas, mesmo quando confessamos somente a pessoas que confiamos que guardará a palavra dita em segredo: medo de rejeição, medo das lembranças.É preciso coragem para suportar a ferida de algumas lembranças que muito nos fez sofrer. O que se pode fazer? quando as pessoas apenas desabafam seus problemas estão procurando simpatia de alguém mas não a cura, neste caso não há busca da vontade de Deus para a solução do problema. A bíblia em I Tm 2.5,6 diz: Há um só Deus e os homens, Jesus Cristo, homem, o qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo. Este capitulo mostra que que o verdadeiro perdão vem através de Jesus e diz também em Tg 5.16: confessai as vossas culpas uns aos outros, para que sareis; a oração feita pelo um justo pode muito em seus efeitos. Confessar pecados e assumir o dever de prestar contas aos outros facilitam a cura interior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça um comentario construtivo que venha a edificar